quinta-feira, 6 de Dezembro de 2007

FESTA DE CHANUKAH


Pedagogia de Chanucha

1) Data da celebração em 2007
Neste ano, a primeira vela será acesa no dia 04 de dezembro ao pôr-do-sol, 25 do mês judaico de Kislev.
2) Duração da festa Chanukah é festejada durante um período de oito dias, de 25 de Kislev a 02 de Tevet (04 de dezembro após o pôr-do-sol a 12 de dezembro de 2007, até o pôr-do-sol).
3) Significado da palavra ChanukahPalavra hebraica que literalmente significa inauguração, dedicação. Refere-se à conseqüente reinaugu-ração do Templo Sagrado de Jerusalém à D'us.
4) Objetivo da festaO feriado judaico de Chanukah enfatiza a importância da “Rededicação do Templo Sagrado” e o “Milagre do Óleo”, não a vitória militar dos macabeus. A revolta macabéia não aconteceu por conquista de território ou soberania política, e sim, por liberdade religiosa.
5) Simbolismo da FestaChanukah simboliza a luta de poucos contra muitos, dos fracos contra os poderosos, a luta pela liberdade de culto; a eterna luta do povo judeu por sua existência.
6) Fatos Históricosa) Período HelenistaA Festa de Chanukah é uma celebração de eventos que ocorreram há cerca de 2200 anos, em uma época em que o Segundo Templo Sagrado erguia-se em Jerusalém. Apesar dos judeus terem retornado à Terra de Israel, vindos do exílio da Babilônia, e reconstruído o Templo, continuavam sob o jugo imperial de potências externas. Primeiro, o Império Persa, seguido dos exércitos conquistadores de Alexan-dre, o Grande, e, mais tarde, a Dinastia Selêucida de reis gregos cujo reino era sediado na Síria.A morte do Imperador Alexandre, o Grande, da Macedônia, no ano 323 a.CEm 25 de Kislev do ano 168 a.C o então governante sírio, Antiochus IV, também conhecido por “Epifanes” o amado dos deuses decretou que fosse erguida uma estátua de Júpiter no Templo Sagrado de Jerusalém. Ordenou a construção de ídolos e estátuas em todas as cidades e vilarejos de Israel, forçando o povo judeu se curvar diante dos mesmos, sob pena de morte. O cumprimento das mitzvot (orde-nanças) da Torah, como o Shabat e as celebrações das Festas Santas ao Eterno de Israel, estavam proibido sob pena de morte; os judeus eram obrigados a oferecer sacrifícios aos deuses pagãos; rolos da Torah eram destruídos e seus detentores assas-sinados com a finalidade de "elevar tudo o que era helenista e rechaçar tudo o que era judaico", conquistando, sobretudo, as classes superiores, que não hesitaram em adotar esta nova filosofia.
b) Revolta JudaicaNa aldeia de Modiin, a noroeste de Jerusalém, o sacerdote Mattityahu, da família dos Hashmoneus, colocou-se à frente da revolta, com seus cinco filhos, seguidos de um audacioso grupo de judeus. Chegaram a abater seus inimigos, a princípio nos montes da Judéia e, mais tarde em toda a região até Jerusalém. Foi a luta de um punhado de homens contra uma multidão, de fracos contra fortes. Venceram grandes exércitos sírios, possuidores de elefantes e máquinas de guerra. Como divisa, os judeus inscreveram em sua bandeira as palavras da Torah: "Mi Camochá Ba'elim Adonai” “Quem é como Tu entre os deuses, Senhor?” (Shemot/Ex 15:11), de cujas iniciais hebraicas formou-se o nome Macabeu (Macabi), sob o qual ficaram conhecidos os guerreiros.Logo após as lutas começarem, Mattiyahu, em 167 a.C morreu e seu filho Yehudá tornou-se o líder dos judeus na guerrilha contra as guarnições selêucidas. Yehudá era um grande estrategista militar e derrotou o inimigo nas passagens estreitas das montanhas de Beth Horon. Em dois anos as forças judias, sob seu comando, expulsaram os gregos da área em torno de Jerusalém e conseguiram inter-romper a estrada principal que ligava a costa à cidade. No vigésimo quinto dia do mês de Kislev, mais precisamente dezembro de 164 a.C os macabeus e seus seguidores retomaram triunfantes o Templo Sagrado, derrotando definitivamente os gregos.
7) Consagração do Templo SagradoOs macabeus entraram vitoriosos no Templo Sagrado e voltaram a dedicá-lo ao serviço à D'us. Chanukah é a consagração, purificação e reinau-guração, do Templo sagrado. Esta foi a primeira medida tomada pelos vitoriosos. Como a Menorah (candelabro) de ouro havia sido roubada pelos sírios, os Macabeus fizeram uma nova de metal menos nobre. Porém, no dia 25 deKislev do ano 165 a.C, três anos após a profanação, algo aconteceu.
Deixemos que o Talmud (Shabat 21b) nos conte:"Quando os gregos entraram no Templo, profanaram todas as reservas de óleo dali; os Hasmoneus - após a vitória sobre os helenistas fizeram uma busca no Templo e encontraram um único cântaro pequeno de óleo puro inviolado, ainda com o selo do Cohen Há-Gadol (Sumo Sacerdote).

Normalmente esta quantidade seria suficiente para iluminar a menorah por apenas um dia, mas um milagre aconteceu e o óleo durou oito dias (mantendo a menorah acesa por todos esses dias). Um milagre ocorrera ali. Um ano depois, esses oito dias passaram a ser comemorados como festividade, em que se recita o Halel e oração de graças.” (Shabat 21b). A Festa de Chanukah é então instituída oficialmente.
8) Costumes em Chanukaha) Pirsume Nissá (Divulgação do milagre do óleo)Uma menorah de Chanukah tem oito braços numa fila reta de igual altura. O shamash (vela auxiliar), usado para acender a menorah é colocado mais alto ou à parte das outras. Uma menorah que funcione com eletrici-dade pode ser usada como decoração de Chanukah, mas não cumpre a mitzvah (ordenança) de acendimento da menorah.Parte da mitzvah de Chanukah é a divulgação do milagre de Chanukah, portanto colocamos a menorah no batente oposto à mezuzah, ou numa janela, claramente visível do lado de fora. Velas podem ser usadas, mas devido ao seu papel no milagre de Chanukah, uma menorah com azeite é especialmente significativa. Na primeira noite de Chanukah, reúna a família para o acendimento da chanukiyá. Antes de acender, recite a bênção apropriada (ver folheto avulso). Utilize o shamash para acender a primeira vela, no extremo direito da chanukiyá. Na segunda noite, acenda uma vela adicional à esquerda da vela acesa na noite anterior.
Repita o mesmo processo a cada noite de Chanukah, onde a vela a ser acesa é sempre a nova, procedendo da esquerda para a direita. As velas devem arder durante pelo menos meia hora.Se uma vela apagar durante o período em que deveria estar ardendo, deve ser reacendida. A luz da chanukiyá é sagrada e não pode ser utilizada para outro fim, como leitura ou trabalho.
b) Acendimento das velas na véspera e após o ShabatNa tarde de sexta-feira, acendemos as velas de Chanukah pouco antes das velas de Shabat No Shabat, o sagrado dia de repouso, é proibido acender uma chama A chanukiyá não pode ser tocada ou removida depois de seu acendimento na sexta-feira até sábado após o anoitecer. No sábado, as velas de Chanukah somente são acesas após o final do Shabat, depois que a prece de Havdalá é recitada.
c) Prece: Hanerot Halalu ou Al Há-Nissim (pelos milagres)“Nós acendemos estas velas pelos milagres e feitos maravilhosos que realizaste para nossos antepassados, naqueles dias, nesta época, por intermédio dos Teus sacerdotes. Durante os dias de Chanukah estas luzes são sagradas e não nos é permitido fazer outro uso delas, apenas olhá-las para podermos agradecer e louvar Teu grande Nome, por Teus milagres, teus feitos maravilhosos e Tuas salvações".
d) Maoz Tsur - Rocha PoderosaMaoz Tsur é um louvor a D'us pela libertação do povo judeu da opressão egípcia, babilônica, persa e helenista. Como as letras iniciais das estrofes formam a palavra Mordechai, supõe-se que seja o nome do autor. A poesia foi escrita por volta do século XIII; a melodia é uma adaptação de uma canção folclórica alemã do século XV.
e) Levivot e Sufganiot - Bolinhos de batata e sonhosNa festa de Chanukah há o costume de ingerir comidas fritas em óleo como bolinhos de batata (levivot ou latkes), e sonhos (sufganiyot). Estes alimentos são preparados e degustados em honra ao milagre que ocorreu com o azeite.
f) Brincadeiras com o Sevivon(Dreidel)Significado da palavraHebraico (savov) - girar
Dreidel (do yidish dreyen) - girar
Origem do SevivonNa época do domínio sírio, Antiocus IV, decretou que o estudo da Torah seria considerado como crime punível com morte ou prisão. O Talmud era estudado oralmente, em grupo. Para contornar a proibição e camuflar as reuniões de estudo, levavam consigo piões. Quando uma autoridade síria chegava, começavam a girar o pião, fingindo estarem se divertindo, sendo um jogo comum na época.
Significado das letras do SevivonTodo sevivon possui quatro lados com uma letra hebraica em cada um deles. Cada letra é a inicial de uma palavra. As quatro letras são:
Nun primeira letra da palavra nes, que significa: milagre.
Guimel primeira letra de gadol, que significa: grande.
Hei primeira letra de hayah, que significa: era ou foi.
Shin primeira letra de sham, que significa: lá.
Juntas, estas quatro pala-vras formam a frase:
“Nes gadol haya sham” ("Um grande milagre acon-teceu lá".)
Em Israel ao invés da letra shin (para designar sham, lá) o sevivon possui a letra pei (que denota po, aqui) para que as letras dos lados do pião formem a frase:
“Nes gadol haya pó” ("Um grande milagre aconteceu aqui".)
Mensagem através da brincadeira do SevivonO sevivon também tem uma mensagem especial: possui quatro lados, cada um com uma letra do alfabeto hebraico, formando a frase:
“Um grande milagre aconteceu lá", mostrando assim que, mesmo nos momentos de lazer, a pessoa deve lembrar que a Providência Divina dirige tudo, em todas as situações.
Regras para jogar o Sevivon1) Ao iniciar, cada jogador recebe a mesma quantia de moedas.2) A cada partida, depositam a mesma quantia na mesa.3) Cada jogador deverá, alternadamente, girar o sevivon.Dependendo da letra que cair, o jogador procederá da seguinte maneira:
Nun - não perde nem ganha nada;
Guimel - ganha todas as moedas da mesa;
Hei - ganha a metade das moedas da mesa;
Shin - deposita na mesa o mesmo valor colocado anteriormente.
Cada face com sua letra correspon-dente tem um valor numérico, que determina o vencedor do jogo.
9) Trabalho nos dias de ChanukahDurante os oito dias da Festa de Chanukah, não há nenhuma proibição e pode-se trabalhar normalmente. No entanto, existe um costume especial para as mulheres: o de não realizarem nenhum trabalho a partir do acendi-mento da Chanukiyá e enquanto dura-rem suas velas.
10) Chanukah nos dias de Hoje“Chanukah simboliza que a luz vence as trevas; os poucos vencedores sobre os muitos; o fraco vence o forte, e o povo de D'us temente vence os pagãos. É uma festa muito boa para os discípulos de Yeshua HaMashiach, Jesus o Messias, porque neste mundo, nós somos o pouco que terá vitória sobre os muitos, e somos os fracos, aos olhos do mundo, que irá frustrar o forte; somos a luz que tem vitória sobre a escuridão por seguirmos a divina luz de Yeshua, nosso Messias, em quem não há trevas.” (Joseph Shulam)
11) Yeshua em Chanukah“E em Jerusalém havia a festa da dedicação, e era inverno. E Yeshua an-dava passeando no templo, no alpendre de Salomão.”(João 10:22-23)

Programação da Festa de Chanukah
Congregação
Netivyah
Dia: 09 de Dezembro de 2007
Hora: 17h00
Celebração ao Eterno encerrando o período de oito dias de Chanukah.

Chag Sameach Chanukah

Feliz Festa de Chanukah

Sem comentários: